A falta de domínio do segundo idioma tem causado problemas aos intercambistas do programa “Ciência Sem Fronteiras no exterior. Eles teriam reprovado no teste de língua estrangeira e com isso, podem perder bolsa de estudo, que ainda conta com mais de 40 mil vagas que não foram preenchidas até o momento.

Por causa dessa dificuldade, no ano passado as bolsas para Portugal foram canceladas para que os alunos enfrentassem o desafio de estudar, fazer trabalhos e provas em uma língua estrangeira. O problema apresentado pela matéria do portal G1 aponta que cerca de 2 mil estudantes saíram do Brasil despreparados e, por isso, agora estão fazendo cursos intensivos lá fora.

Por aqui, os estudantes já percebem essa necessidade. No primeiro dia de aula da Universidade de Brasília, os alunos tentam uma bolsa no programa, também sem dominar totalmente a língua estrangeira. A universitária Marcela Figueiredo afirma que falar outro idioma é uma grande barreira. “Porque a gente vai precisar do inglês para tudo, para todas as matérias que a gente for fazer”, disse ao G1.

Apesar dessa situação dos bolsistas, que não conseguiram a nota mínima exigida no teste de inglês, foi lhes concedido a bolsa do governo para que também se aperfeiçoem na língua estrangeira lá fora, por um período de três a seis meses, e, depois, tentem novamente a aprovação no teste que garante o ingresso na universidade. Como muitos ainda não conseguiram, o risco de ter que voltar para casa sem frequentar os cursos que escolheram é grande.

O ministro da Educação, José Henrique Paim, diz que a situação desses alunos tem que ser definida até o mês que vem: “As universidades estão aguardando um outro teste de proficiência para que a gente possa tomar essa decisão”. Ele disse que não considera o retorno precoce dos bolsistas um problema e afirma que um dos objetivos do programa Ciência Sem Fronteiras é também o domínio de uma língua estrangeira.

Se você busca uma oportunidade também lá fora, não precisa passar por uma situação como essas, não é? Aqui, na Wunderwelt-A preparamos você para qualquer objetivo, inclusive para garantir uma boa nota em um teste de proeficiência.

“O nosso objetivo é tornar o aluno independente e preparado, independento do que ele busca”, garante o diretor da Wunderwelt A, Werner Heuck.

Venha até nós e se prepare para o seu futuro. Nós estamos de portar abertas para lhe receber. Aqui você aprende inglês, espanhol, alemão e até português para estrangeiros. Venha, seja um Wunderwelt A e abra portas pelo mundo.

Com informações e foto do portal de notícias g1.globo.com

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado