Dia de São Valentim

Durante o século III, o imperador Claudius II, acreditando que jovens solteiros e que não tivessem responsabilidades com a família seriam melhores soldados e se dedicariam mais ao governo e assim se formaria um exército muito forte e invencível.

E com este pensamento ele proibiu a realização de casamentos durante o seu reinado. Porém, um padre chamado Valentim não concordou com as idéias do imperador e continuou celebrando casamentos de forma clandestina. Como os segredos normalmente são descobertos, não foi diferente com Valentim, que foi preso e condenado a morte.

Durante a sua prisão muitos jovens, afirmando que sempre acreditariam no amor, jogavam bilhetes e flores e, entre estes jovens estava uma menina cega chamada Asterius e que era a filha do carcereiro, Asterius através do pai conseguiu visitar Valentim e os dois se apaixonaram. Como um milagre Asterius recuperou a visão que acredita-se que foi por causa deste amor. A partir daí Valentim começou a escrever cartas de amor sempre assinadas “De seu Valentine” expressão usada até hoje. Valentim foi decapitado em 14 de Fevereiro de 270 d.C.

Este mesmo dia 14 de fevereiro também marca a véspera de lupercais, festa dedicada a Deusa Juno e ao Deus Pan celebrada anualmente em Roma e um dos rituais desta festa era a o ritual da fertilidade onde os sacerdotes caminhavam pela cidade batendo em todas as mulheres com correias de couro de cabra para assegurar a fecundidade.

Assim, na Europa e Estados Unidos comemora-se até os dias de hoje o Valentine´s Day, incentivando casais apaixonados a trocarem juras de amor, cartões, presentes.

No Brasil, esta data não é muito lembrada e a comemoração dos apaixonados é sempre realizada no dia 12 de Junho, véspera do dia de Santo António, santo português com tradição de casamenteiro.

A verdade é que não importa o dia, o importante é sempre comemorar o amor e se no dia 14 de fevereiro temos esta chance… porque não aproveitar?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado