Ser o país sede da Copa do Mundo não está surtindo efeito, pelo menos por enquanto, quando o assunto é aprender outras línguas. Requisito mais do que necessário para conseguir uma nova recolocação no mercado de trabalho e, ainda, uma oportunidade para treinar os idiomas com os estrangeiros que vem para cá entre junho e julho, período do mundial, o que parece é que o aprendizado foi deixado de lado. Um estudo feito mostra que o nível de proficiência em inglês da maioria dos brasileiros é baixo, ficando na posição 38 do ranking, que conta com 60 países.

Na mesma faixa, estão países como Irã, Sri Lanka e Egito. Entre os latino-americanos, os brasileiros ficam atrás dos argentinos, uruguaios e costa-riquenhos. A Argentina figura na faixa de proficiência moderada e é a nação latino-americana mais bem colocada.

O diretor da Wunderwelt A, Werner Heuck ressalta que o baixo nível do Brasil em proficiência na língua inglesa é considerado uma situação preocupante. De acordo com ele, o Brasil é um país que tem muitos recursos, mas que infelizmente não são bem aproveitados. “Com a Copa sendo sediada aqui, isso poderá servir de incentivo para que pessoas e instituições mudem sua postura, já que estaremos sendo observados pelo mundo todo durante o evento”, disse.

Para Werner, o resultado do estudo demonstra uma questão cultural que o país tem, uma vez que no Brasil não só o ensino do inglês, mas também de outros idiomas, não é considerado uma prioridade. Para ele, isso não está diretamente ligado com o interesse do indivíduo. “Existem muitas escolas boas, mas atingem a parte da alta sociedade. Fica localizado lá, onde a renda não é tão bem distribuída. As demais pessoas não possuem acesso a esta parte da educação”, pontua.

O diretor defende que ter professores que dominem bem o idioma e sejam bem treinados para um ensino comunicativo é uma das alternativas para mudar o nível da proficiência na língua inglesa. Além disso, é preciso contar com um plano de ensino eficaz, que visa atingir níveis internacionais; utilizar recursos modernos, como os audiovisuais; e também conscientizar o aluno da importância de dominar um outro idioma, fazendo com que ele mantenha o interesse do estudo até o final do curso.

Aqui na Wunderwelt A você nunca perde o interesse de estudar inglês, alemão, espanhol e até português para estrangeiro. Aumente sua proficiência em inglês e nos outros idiomas que a escola oferece. Vamos mudar esse quadro. Vamos virar esse jogo. Venha conhecer nossos métodos de ensino e matricule-se.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado